Operários-Tarsila-do-Amaral
Feminismo

Marielle Franco: Um corpo em disputa

Vamos falar sobre comunicação livre, epistemicídio, racismo, pauta identitária e política. O assunto continua sendo #MariellePresente e a disputa sobre o modo como esse crime será investigado e essa estória será contada.

Tem uma hora ali no meio que troco a palavra meio por fins, mas você vai entender!

A imagem que ilustra a faixa é a obra Operários de Tarsila do Amaral, uma artista branca, filha das grandes elites, que se recusou a debater raça.

marielle
Feminismo

Marielle Franco e a comunicação livre

É muito triste retomar os trabalhos com a notícia de que Marielle Franco foi executada. O choro veio fácil, a noite passou em preto sangue, foram nove balas. Como uma brasa enterrada no peito de cada uma de nós, que aqui motivou um olhar mais apurado para a imprensa televisiva. Ela não tem culpa, mas tem responsabilidade. Esse cheque tem nome e sobrenome.

#MariellePresente

beat-instagram-algorithm
Feminismo

O algoritmo

Este algoritmo também pode ser visto nas redes sociais. O mesmo acontece quando alguém classifica seu conteúdo como discurso de ódio e a acusação é acatada por quem processa tais informações. Isto se dá pelo fato de que a vasta maioria dos funcionários das redes sociais são brancos, por exemplo. Existe uma grande probabilidade de que classifiquem a luta de pessoas negras como indesejáveis.

flores baoba
Arte

Entrevista com Gabriela Watson Aurazo, autora de Flores de Baobá

O Flores de Baobá mudou minha vida tanto. Até me emociono ao falar do processo do Flores, que ainda não acabou, mas tem sido maravilhoso em todos os sentidos. Acho que tem vários aspectos quando a gente fala do documentário para mim. Primeiro tem a questão do aperfeiçoamento fílmico, de eu procurar me aperfeiçoar enquanto cineasta. É uma busca de entender a linguagem cinematográfica, de buscar entender artisticamente o quanto estou evoluindo.